O potencial das Terapias Complementares vem sendo comprovado há muitos anos. Na atualidade, as técnicas que utilizam elementos naturais, vibracionais, corporais e orientais, buscam auxiliar no processo de reequilíbrio dos Seres. Por isso, as Terapias Holísticas estão cada dia mais presentes no mundo animal também.

Atualmente, a procura por auxílios menos dolorosos e invasivos, mais naturais, e que ofereçam maior qualidade de vida aos Pets, faz com que os cuidadores busquem as Terapias Holísticas como complementos aos tratamentos tradicionais.

Terapias Holísticas em animais

Frequentemente as Terapias Complementares proporcionam uma melhora na qualidade de vida dos Pets. Além disso, uma das grandes vantagens dessa abordagem é a ausência de efeitos colaterais, tão comuns no uso de medicamentos convencionais.

Hoje em dia, os Pets podem utilizar várias Terapias Complementares. Algumas delas são:

Acupuntura Emocional sem Agulhas: Conforme estimulados, pontos no corpo do animal podem auxiliar a aliviar dores.

Florais: A terapia com Florais na Medicina Veterinária normalmente é utilizada para auxiliar em problemas comportamentais.

Homeopatia: A homeopatia pode auxiliar no tratamento de várias doenças.

Massoterapia: Mesmo o cuidador pode fazer massagem no seu animal. O contato direto com o cão, por exemplo, é muito indicado pois ajuda a criar um vínculo ainda maior entre animal e Amigo cuidador.

Reiki: É uma terapia suave e não invasiva, já que não requer contato físico. Por meio das mãos, o profissional faz uso de energia canalizada para auxiliar no reequilíbrio e harmonização energética do Ser.

Cromoterapia: A cromoterapia pode ser utilizada para o auxílio complementar, possibilitando harmonização energética e auxiliando no reequilíbrio comportamental.

É claro que existem ainda muitas outras técnicas terapêuticas que nossos animais podem se beneficiar. Em primeiro lugar, o mais importante é buscar o bem-estar, qualidade de vida e manter a a saúde do seu amigo Pet.

Lembrando que as técnicas naturais e holísticas são complementares, JAMAIS substituem o atendimento Médico Veterinário qualificado.
Naturalmente, somente o profissional Médico Veterinário é capaz de diagnosticar uma doença, bem como indicar ou aplicar qualquer medicamento, tratamento ou Terapia Complementar. Por isso, sempre procure um profissional para indicar o melhor tratamento para o seu amiguinho. Vale lembrar também que as Terapias Complementares jamais devem ser utilizadas como única ou principal forma de tratamento, visto que elas são um complemento à medicina tradicional.

E então? Já pensou que você pode aprender estas técnicas e, além de aplicar no seu Pet, poder aplicar em si mesmo?